Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Desemprego na Itália cai pela 1ª vez em sete anos, de acordo com o Istat PDF Imprimir E-mail
Desemprego cai na ItáliaPela primeira vez em sete anos, a taxa de desemprego na Itália apresentou queda e fechou o ano de 2015 em 11,9%, revelou o Instituto de Estatísticas Italiano (Istat).


O número apresentou grande diminuição em relação ao ano anterior, quando fechou em 12,7%. De acordo com o Istat, houve ainda uma retração de "maneira significativa" no número de desempregados no país: redução de 203 mil, equivalente a 6,3%.   

Apesar de ainda estar muito alta, a taxa de desocupação entre os jovens de 15 a 24 anos também apresentou uma queda de 2,4% e fechou o ano em 40,3% - a primeira redução desde 2007.   

O relatório da entidade ainda mostrou que houve um crescimento no número de pessoas empregadas, que levaram o índice de ocupação a 56,3%, uma alta de 0,6% na comparação com 2014. O Istat ainda apresentou os dados do último trimestre de 2015, onde o desemprego ficou em 11,5% (dados dessazonalizados). O índice ficou estável em relação ao terceiro trimestre (revisto para baixo e fechado em 11,5%) e apresentou uma queda de 1,3% na comparação com o mesmo período do ano interior. Já entre os jovens, os últimos três meses do ano apresentaram uma taxa de 40% de desemprego, uma forte queda de 3,3% na comparação com o quarto trimestre de 2014.   

O motivo para a retomada na geração de empregos pode ser explicado pela assinatura do "Ato Trabalhista" ("Jobs Act"), proposto pelo governo de Matteo Renzi e em vigor há um ano.   

A nova lei flexibiliza as regras para demissões sem justa causa e acaba com a reintegração de funcionários mandados embora sem motivo justificado. Até então, italianos demitidos sem justa causa ganhavam na justiça o direito de serem recontratados nas mesmas condições de antes, além de ganharem um ressarcimento.   

Com isso, as empresas acabaram se sentindo mais estimuladas a fazerem contratos sem duração determinada ao invés dos temporários, refúgio muito utilizado por empresários para evitar os processos, e começaram a gerar melhores índices de emprego.   

Em 2015, a Itália saiu da recessão que enfrentou nos últimos sete anos e começa a registrar bons índices em sua economia. (Fonte: Ansa).  

AddThis Social Bookmark Button
 
Translation by Google
Menu Principal
Principal
Colunistas - Expediente
Cantores Italianos
Catolicismo Romano
Curiosidades/Arquivo
Gramática Italiana
Geografia da Itália
Hino da Itália
Dicas Culturais
Festival di San Remo
Folclore Italiano
História da Itália
Entrevistas
Letras de Músicas
Notícias
Previdência Italiana
Receitas Italianas
Turismo na Itália
Blog do Botto
Barilla
Botto Giuseppe Lanificio
IL BIELLESE
Enquete
Qual assunto você gostaria que fosse abordado com mais profundidade pela Rádio Italiana?
 
Pesquisar
RSS Feed