Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Conheça alguns fatos sobre a população muçulmana na Europa, que cresce consideravelmente a cada ano PDF Imprimir E-mail

Muçulmanos na EuropaOs recentes atentados terroristas na Europa e a crise migratória que atinge o continente - a maior desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) - acentuaram a islamofobia.


Isto deu força a movimentos ultranacionalistas de extrema-direita, principalmente na França, Bélgica, Alemanha e Reino Unido.

Dentro deste cenário, o centro norte-americano de estudos Pew Research divulgou um relatório com cinco aspectos sobre a população muçulmana na Europa. Qual o tamanho da comunidade muçulmana no continente? E como ela está crescendo tão rápido?

1) A Alemanha e a França têm o maior número de muçulmanos entre os países-membros da União Europeia. Em 2010, antes do pico migratório, havia 4,8 milhões de muçulmanos na Alemanha, o que correspondia a 5,8% da população total, e 4,7 milhões na França (7,5%). Porém, se considerada toda a região expandida, a Rússia tem o maior número de muçulmanos: 14 milhões, que representam 10% dos moradores do país.

2) A parcela da população muçulmana na Europa tem crescido consideravelmente nos últimos anos. A cada década, a comunidade aumentou em um ponto percentual. Era de 4% em 1990 e foi para 6% em 2010. Este ritmo de crescimento é esperado até 2030, quando os muçulmanos serão cerca de 8% da população europeia.

3) Os muçulmanos que vivem na Europa são mais jovens que a média geral. Em 2010, a idade média dos muçulmanos era de 32 anos, oito a menos que a média de toda a Europa (40 anos).

4) Os países do centro-leste da Europa tendem a ter uma visão mais pessimista em relação à população muçulmana. Este aspecto se acentua se o cidadão possui tendência política à direita. Na Hungria, 72% enxergam os muçulmanos com uma visão negativa, seguida pela Itália (69%), Polônia (66%) e Grécia (65). Nos países da porção oeste do continente, o cenário muda. Apenas 28% dos britânicos têm uma visão negativa, 29% dos alemães e 29% dos franceses. Estes dados foram coletados em uma pesquisa recente do Pew Research Center em 10 países.

5) Em 2010, a União Europeia tinha 13 milhões de muçulmanos. Lar da maior comunidade da Europa, a Alemanha tem principalmente imigrantes turcos, mas também kosovares, iraquianos, bósnios e marroquinos. Já na França, cerca de três milhões de muçulmanos nasceram em ex-colônias, como Argélia, Marrocos e Tunísia. (Ansa)

AddThis Social Bookmark Button
 
Translation by Google
Menu Principal
Principal
Colunistas - Expediente
Cantores Italianos
Catolicismo Romano
Curiosidades/Arquivo
Gramática Italiana
Geografia da Itália
Hino da Itália
Dicas Culturais
Festival di San Remo
Folclore Italiano
História da Itália
Entrevistas
Letras de Músicas
Notícias
Previdência Italiana
Receitas Italianas
Turismo na Itália
Blog do Botto
Barilla
Botto Giuseppe Lanificio
IL BIELLESE
Enquete
Qual assunto você gostaria que fosse abordado com mais profundidade pela Rádio Italiana?
 
Pesquisar
RSS Feed