Cidade italiana de Milão demonstra desejo de sediar Jogos de Inverno de 2026 PDF Imprimir E-mail

Verão ou inverno, Milão continua sonhando em sediar os Jogos Olímpicos. Após ter anunciado a possibilidade de candidatar o município lombardo às Olimpíadas de 2028 no começo do ano, a cidade poderá levar adiante uma ideia mais sugestiva: a de organizar os Jogos de Inverno de 2026.

Boatos da notícia começaram a ser comentados quando surgiu a hipótese de que o Comitê Olímpico Internacional (COI) pode decidir na sessão que acontecerá em setembro deste ano em Lima, no Peru, não apenas a sede de 2024 das Olimpíadas, como também a de 2028. Em julho, aliás, o comitê internacional decidirá se aprovará ou não a sugestão das organizações esportivas responsáveis pelas candidaturas de Paris e Los Angeles que prevê que a cidade francesa sedie os Jogos de 2024 e que a norte-americana fique com a edição de 2028.

Com isso, as chances da Itália de ser o país sede de alguma das próximas Olimpíadas diminui. Após o doloroso “não” de Roma aos Jogos de 2024, a capital francesa se tornou a principal opção do evento esportivo. Além disso, as chances de Los Angeles vencerem Milão em 2028 crescem se a sede da edição anterior for Paris, uma cidade europeia. Assim, os municípios que recebessem os Jogos seriam de continentes diferentes.    Por isso, o presidente do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), Giovanni Malagò, decidiu relançar o sonho olímpico italiano com os Jogos de Inverno de 2026, exatamente 20 anos após o que foi sediado em Turim.

AddThis Social Bookmark Button