Canal pró-EI incita ataques de "lobos solitários" na Itália PDF Imprimir E-mail
Um canal de simpatizantes do Estado Islâmico (EI) no aplicativo Telegram divulgou nesta quinta-feira (24) mensagens incitando “lobos solitários” a cometerem ataques terroristas na Itália.   


Essa já é a segunda vez em menos de uma semana que o canal dissemina apelos por atentados na península, a única das cinco maiores potências da Europa Ocidental a não ter sofrido ações do EI até o momento.   


Em uma das mensagens, que mostra um homem com uma faca escondida nas costas, está escrito, em italiano, “vocês devem combatê-los”. Os simpatizantes da milícia ainda instam seguidores a usarem veículos como armas, assim como já ocorreu na França, na Espanha, no Reino Unido e na Alemanha.   


As ameaças foram reproduzidas pelo portal de contraterrorismo “SITE”, que tem sua sede nos Estados Unidos. A Itália é membro da coalizão internacional que combate o Estados Islâmico e oferece suporte para operações na Líbia e na região de maioria curda do Iraque. Além disso, abriga o Vaticano, base da Igreja Católica.   


Ameaças contra o país não são novidade. O grupo já divulgou na web vídeos simulando ataques a Roma, tida pelos jihadistas como um símbolo do cristianismo e dos “cruzados”. Um deles mostra tanques de guerra avançando contra o Coliseu, monumento mais visitado da cidade.   


Ao longo dos últimos dias, as autoridades italianas tentaram minimizar as mensagens divulgadas por simpatizantes do EI na internet, mas sempre fazendo a ressalva de que ninguém está imune a eventuais atentados.   


“Não acredito na propaganda de alguns sites islâmicos, porém estou ciente de que nenhum país, muito menos a Itália, pode se sentir protegido da ameaça”, disse o primeiro-ministro Paolo Gentiloni no fim de semana passado.

AddThis Social Bookmark Button