Domenico Modugno PDF Imprimir E-mail

ImageDomenico Modugno (Polignano a Mare, 9 de Janeiro de 1928 — Lampedusa, 6 de Agosto de 1994) foi um dos mais importantes cantores italianos do século XX.

Desde jovem queria tornar-se ator. Depois de cumprir o serviço militar, frequentou uma escola de atores e mais tarde surgiu em vários filmes. Depois de entrar no filme Il Mantello Rosso tornou-se cantor.

Em 1953 começou a demonstrar seu talento com sua grande capacidade de interpretação. Nesse mesmo ano, Modugno se apresentou nos estúdios radiofônicos "Via Asiago", cantando em siciliano.

Em 1958 venceu o famoso Festival de San Remo com a canção Nel blu dipinto di blu, conhecida vulgarmente como "Volare". Esta canção tornou-se um marco da música italiana da época, sendo conhecida em todo o mundo.

Neste mesmo ano, Modugno venceu três prêmios "Grammys", com a canção do ano, melhor interpretação masculina e melhor disco. Com todas essas vitórias, Domenico tornou-se o protagonista mundial dos espetáculos teatrais, filmes e programas de televisão.

Em 1959 venceu o Festival de San Remo com Piove - Ciao Ciao Bambina. Pela terceira vez, em 1962 ganhou em San Remo com a música Addio Addio.

Em 1966, novamente recebeu o primeiro lugar no Festival, juntamente com Gigliola Cinquetti, com Dio como ti amo.

Nos anos 80 por problemas de saúde, Domenico Modugno abandonou a carreira artística. Na metade da década de 80, Modugno entrou para a política tornando-se o Presidente do Partido Radical Italiano.

AddThis Social Bookmark Button