PENSIONE: 46,5% dos aposentados italianos têm renda mensal inferior a 1.000 euros PDF Imprimir E-mail
Metade dos italianos ganham menos de 1000 euros mensais de aposentadoriaQuase a metade dos aposentados italianos tem uma renda de pensão inferior aos € 1.000, revela pesquisa do Instituto Italiano de Estatísticas (Istat) sobre seus beneficiários em 2009. De acordo com o levantamento 46,5% dos 16,2 milhões de aposentados italianos (7,7 milhões de pessoas) têm renda total (uma ou mais aposentadorias) inferior aos € 1.000. Outros 14,7% (2,4 milhões) dos aposentados têm rendas abaixo de € 500 e 31,8% (5,3 milhões) entre esses dois valores.


Em 2009 o montante total anual das prestações de pensões previdenciárias e assistenciais pagas na Itália foi de € 253,48 bilhões, um aumento de 5,1% em relação a 2008, acrescenta o Istat. As despesas de 2009 correspondem a 16,68% do Produto Interno Bruto (PIB). A porcentagem sobre o PIB aumentou 1,3 pontos percentuais face ao ano anterior.

A incidência das despesas com pensões sobre o PIB foi recorde em 2009: em parte devido à queda do PIB frente à crise econômica de 2008, os gastos com pensões sobre o PIB pesaram 16,68%, contra 15,38% de 2008. Em 2007 a despesa total foi de 15,07%, mantendo aproximadamente o mesmo patamar de 2006 (15,06%). 

O dado de 2009, também em função da crise, é o mais elevado desde o início da série histórica sobre o registro das pensões, isto é, a partir de 2002, quando o impacto sobre o PIB estava em 15,02%.

AddThis Social Bookmark Button