Música Italiana

Salvatore Cutugno

Salvatore Cutugno, em arte Toto Cutugno, nasceu em 7 de julho de 1943 em Fosdinovo província de Massa. Depois de poucos meses sua família se transferiu à La Spezia onde o pai marechal da marinha prestou serviço.

Desde menino Toto demonstrou muita predisposição para a música, o pai  ótimo tocador de tromba e o encorajou a fazer o mesmo. O filho, autodidata, começa a estudar bateria, a sua bravura lhe permitiu, ainda rapazinho, de entrar em grupos musicais locais. Ao mesmo tempo aprendeu a tocar também a fisarmônica e com treze anos participou de um concurso regional onde chega a terceiro.

Toto começou também a tocar bateria com grupos locais até os 19 anos, depois percebeu que a vida de província começa a ficar estreita para ele. Entrou então para o  grupo musical do maestro Manusardi, que lhe propôs uma tournée de seis meses na Finlândia. De volta à Itália, Toto constitui um grupo, que se chama "Toto e i Tati". Começou então a girar toda a penínsola com um repertório de sucessos de músicas por ele compostas.

Em 1975 Toto, que já havia iniciado anos antes a escrever músicas por sua conta, explodiu como compositor na França, onde uma canção sua de título "AFRICA" é interpretada por JOE DASSIN com o título de "L'ÉTÉ INDIEN" e se tornou rapidamente um sucesso internacional.

Em 1976 a fama como autor é reafirmada na interpretação de JOE DASSIN, de um outro brano seu chamado "ET SI TU N'EXISTAIS PAS". Naquele momento os pedidos se multiplicam. Toto Cutugno escreveu canções para MIREILLE MATHIEU, DALIDA, JOHNNY HALLIDAY, MICHEL SARDOU, CLAUDE FRANÇOIS, HERVÉ VILARD, SHEILA (na França) e DOMENICO MODUGNO, GIGLIOLA CINQUETTI, ORNELLA VANONI (na Itália). Além disso suas músicas foram tocadas por grandes diretores de orquestras como F. Pourcel, Caravelli e Mauriat.

Em 1976 Toto participou, pela primeira vez ao Festival de Sanremo com o grupo por ele formado "ALBATROS", a música em disputa é "VOLO AZ 504" chegando em terceiro lugar. No mesmo ano Toto participa ao Festivalbar com a música "NEL CUORE NEI SENSI" obtendo um ótimo sucesso, o brano também foi interpretado na França por GÉRARD LENORMAN, e chegou lá aos primeiros postos do hit parade com o título de "VOICI LES CLÉS".

Em 1977 os Albatroz se reapresentou ao Festival de Sanremo com uma canção composta por Cutugno "Gran Premio", que se classificou ao quinto posto.

Em 1978 a atividade artística de Toto Cutugno teve uma reviravolta importante, ele deixou o grupo e criou como cantor-autor o brano "DONNA DONNA MIA", sigla do programa televisivo "Scommettiamo" conduzido por Mike Bongiorno, alcançando os primeiros lugares do hit parade. No mesmo período Toto escreveu a primeira canção para Adriano Celentano, de título "Soli", que permaneceu por meses estabilizada no primeiro lugar das vendas.

Em 1979 criou seu primeiro LP de título "VOGLIO L'ANIMA", no qual as canções são sucessivamente interpretadas por vários artistas, sejam italianos ou estrangeiros. No ano seguinte alcançou grandes resultados: Primeiro no Festival de Sanremo onde conseguiu finalmente a primeira colocação com a música "SOLO NOI" e também foi o primeiro no Festival Yamaha Song International de Tóquio com "FRANCESCA NON SA". Conseguiu ainda como compositor, o primeiro lugar no Festivalbar com a música "OLIMPIC GAMES" interpretada pelo grande cantor espanhol MIGUEL BOSÉ. Coroando o belo ano, é quarto no mesmo Festivalbar como intérprete com "INNAMORATI". Continuou escrevendo canções para Adriano Celentano como no caso todas do álbum "IL TEMPO SE NE VA". Este obteve um grandíssimo sucesso. Criou ainda "FLASH", sigla do programa homônimo televisivo conduzido por Mike Bongiorno.

Em 1981 saiu seu segundo LP de título "LA MIA MUSICA". Também foi um  grande sucesso.

Em 1983 Toto retornou ao Festival de Sanremo com seu maior sucesso e um dos clássicos da música italiana, "L'ITALIANO", onde conseguiu ser o primeiro na votação popular ligada ao concurso Totip. Esta música veio a ser interpretada e traduzida em várias línguas por muitos artistas vendendo milhões de discos e tornando Toto Cutugno popular em países impensáveis como Irã, Coréia e Israel. Hoje circula na internet, no programa Napster, uma versão remixada dessa música além, é claro, da antiga ainda muito apreciada.

Em 1984 Toto Cutugno retornou à Sanremo com "SERENATA" chegando na honrosa segunda colocação.

Em 1985 participou somente como compositor com duas canções: Uma interpretada por José Luiz Rodriguez (dito O Puma) intitulada "C'EST VENICE" e uma outra interpretada por um rapaz de 15 anos descoberto pelo próprio Toto Cutugno, o mexicano LUIZ MIGUEL. Ele cantou "NOI, RAGAZZI DI OGGI" e conseguiu a segunda colocação e foi considerado a verdadeira revelação do Festival. No mesmo ano Toto lançou o single "MI PIACEREBBE ANDARE AL MARE IL LUNEDÌ".

Em 1986 recebeu um prêmio por "L'ITALIANO" como o disco italiano mais vendido no mundo nos últimos cinco anos e se reapresentou ao Festival de Sanremo com "AZZURRA MALINCONIA".

Em 1987 participou novamente, seja como cantor, seja como autor. Como cantor conseguiu a segunda colocação com a bela "FIGLI" e como autor de "IO AMO" cantada por FAUSTO LEALI, "CANZONE D'AMORE" cantada pelos RICCHI E POVERI, "IL SOGNATORE" cantada por PEPPINO DI CAPRI e "IO… PER LE STRADE DI QUARTIERE" cantada por FRANCO CALIFANO. Na primavera do mesmo ano publicou o terceiro álbum "MEDITERRANEO" que foi premiado com o disco de ouro e de platina. O ano de 1987 representou uma reviravolta para Toto Cutugno. Ele ficou como apresentador do programa televisivo Domenica In no qual debutou com grande sucesso, no mesmo período participou do Festival de Sanremo de 1988 com o brano "EMOZIONI" por ele interpretado, chegando em segundo lugar. Como autor apresentou uma renovada cantora chamada FIORDALISO com a música "PER NOI".

Em 1989, entre tournées e espetáculos televisivos, retorna ao Festival de Sanremo como intérprete com a música "LE MAMME" chegando novamente em segundo lugar. Como autor, escreveu uma canção para FIORDALISO chamada "SE NON AVESSI TE" e para STEFANO BORGIA, segundo lugar na categoria de aspirantes. No outono conduziu o programa "Piacere Rai Uno" onde obteve um novo grande sucesso. Criou a sigla de abertura do mesmo. Publicou mais um LP, uma coletânea de siglas televisivas e canções apresentadas em Sanremo com o título "TOTO CUTUGNO".

Em 1990 obteve mais uma vez o  segundo lugar no Festival de Sanremo com "GLI AMORI" que na ocasião foi interpretado também pelo grande RAY CHARLES que ofereceu uma magistral perfomance. Isso representou para Toto um momento de grande emoção em sua vida. Conseguiu em Zagabria, na Suíça o título do Eurofestival com a música "INSIÈME 92". Apresentou em 1991 a edição seguinte desse evento junto à GIGLIOLA CINQUETTI, únicos vencedores italianos do Eurofestival. Conduziu com Raffaela Carrà e F. Frizzi a transmissão televisiva da Rai La Vela d'Oro.

No ano seguinte publicou o LP "NON È FACILE ESSERE UOMINI". E no verão conduziu o programa da Rai Stasera Mi Butto. No outono conduziu com Alba Parietti o programa Domenica In. Ao mesmo tempo escreveu para Claudia Mori, esposa de Adriano Celentano, "SE MI AMI" que a mesma apresentou no Festival de Sanremo.

Em 1995 se reapresentou ao Festival de Sanremo com "VOGLIO ANDARE A VIVERE IN CAMPAGNA" que foi também o título do álbum saído após a manifestação.

Conduziu em 1996 na Telemontecarlo um programa de título Sei Forte, junto ao seu grande amigo Franco Nisi, diretor na Radio Itália Solo Musica Italiana.

Em 1997 se reapresentou ao Festival de Sanremo com uma música de título "FACCIA PULITA" inserida no álbum "CANZONI NASCOSTE".

Depois em 1998, em fevereiro, participou da transmissão de Sanremo Notte durante o Festival e retornou para a TV com o programa I Fatti Vostri.

Em 1999 fez shows pela Itália e nos Estados Unidos.

Em 2000 foi à Bielorússia, Estados Unidos e fez shows também pela Itália. Nunca veio ao Brasil mas é um cantor muito conhecido e adorado em todo o Leste Europeu, Rússia, França e Espanha, onde fez algumas versões de suas canções para o espanhol. Cantou também em inglês e francês.

Em 2000 e 2001 tentou participar do Festival de Sanremo mas nas duas ocasiões foi eliminado e não conseguiu a participação.

 

Participações no Festival de Sanremo:

 

1976:Volo AZ504 com Albatros

1977: Gran premio com Albatros

1980: Solo noi (1°)

1983: L'italiano (5°)

1984: Serenata (2°)

1986: Azzurra malinconia (4°)

1987: Figli (2°)

1988: Emozioni (2°)

1989: Le mamme (2°)

1990: Gli amori in coppia con Ray Charles (2°)

1995: Voglio andare a vivere in campagna (17°)

1997: Faccia pulita (17°)

2005: Come noi nessuno al mondo in coppia con Annalisa Minetti (2°)

2008: Un falco chiuso in gabbia (4°)

 

Discografia:

  • Albatros (1976)
  • Come ieri, come oggi, come sempre (1978)
  • La mia musica (1981)
  • L'italiano (1983)
  • Azzura malinconia (1986)
  • Voglio l'anima (1987)
  • Innamorata, innamorato, innamorati (1987)
  • Mediterraneo (1987)
  • Toto Cutugno (1990)
  • Insieme 1992 (1990)
  • Non è facile essere uomini (1992)
  • Voglio andare a vivere in campagna (1995)
  • Canzoni nacoste (1997)
  • Il treno va (2002)
  • Cantando (2004)
  • Come noi nessuno al mondo (2005)
  • Un falco chiuso in gabbia (2008)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios