Máfia é mais forte que Estado para quase 50% dos jovens italianos PDF Imprimir E-mail

Máfia ItalianaA máfia é mais forte que o Estado: essa é a opinião de quase metade dos jovens italianos, 47% mais especificamente, de acordo com uma pesquisa realizada no país, pelo Centro Studi Pio La Torre de Palermo, na Sicília.


O centro realiza um estudo com milhares adolescentes que participam do projeto educativo antimáfia para saber qual é a percepção que os jovens têm desses grupos criminosos. 

Foram 3.061 os alunos que responderam às 47 perguntas do questionário de onde surgiram os dados da pesquisa. De acordo com as respostas, a desconfiança dos entrevistados em relação aos confrontos entre a classe política italiana e as máfias é extremamente elevada; na esfera nacional a porcentagem é de 84,53% e na local é de 79,91%. 


Além disso, apenas 29,8% dos jovens acreditam que o Estado italiano pode acabar com esses grupos de maneira definitiva. "Não há uma diferença entre os jovens do centro-norte [do país] e do sul sobre a percepção da corrupção das classes de dirigentes locais. A máfia é forte porque se infiltra no Estado", disse o presidente do Centro Studi Pio La Torre, Vito Lo Monaco.    


E a maioria esmagadora dos jovens, mais de 90%, repudia a máfia e acredita que seja muito forte a relação entre ela e a política. Os jovens não iriam a um mafioso ou a um político para [conseguir] um trabalho, assimilando um ao outro", explicou o estudioso italiano.

 

 

AddThis Social Bookmark Button