CULTURA: Conheça na Rádio Italiana toda a teatralidade do Carnaval em todas as regiões da Itália PDF Imprimir E-mail

Carnaval na Itália
Na Itália, todas as festividades associadas ao Carnaval (procissões, grandes shows, desfiles de máscaras) têm o denominador comum da teatralidade. De fato, para cada celebração, dos Alpes à Sicília, existe uma preparação artesanal muito apurada das fantasias, dos trajes, das encenações e dos carros alegóricos.


O único elemento deixado ao acaso é o desejo do público de se divertir e esquecer os problemas, mas também a criatividade na concepção das máscaras.

Em cada lugar, da cidade ao vale, do mar à montanha, há um cenário único e exclusivo: a arquitetura de uma praça, o curso de um rio, a trilha de um bosque, os salões de um palácio.

Por toda parte, o denominador comum é a festa: o rito pagão do mascaramento carnavalesco se mistura com as tradições católicas locais e repete a cada ano os gestos e os costumes locais, cada vez mais divertidos e magníficos.

Para todos, o Carnaval  é o momento da explosão dos sentidos e a necessidade de esquecer os problemas e as dificuldades pelo menos um dia. E se trata da exaltação da imaginação, do humor mais colorido e pecaminoso, antes de deixar espaço para a purificação da Quaresma.

A própria palavra 'carnaval', que vem do latim 'carnem levare' e significa "abstenção da carne", antigamente indicava o banquete no último dia do evento (a terça-feira gorda), pouco antes do período de abstinência e jejum da Quaresma, o período que antecede a celebração da Páscoa.

Cada vilarejo, cada vale, cada cidade, cada bairro italiano tem um carnaval para contar e o faz mediante uma variedade de costumes populares, de norte a sul, em uma sucessão de festas e desfiles.

Conhecê-los significa viajar pelo folclore da Itália, descobrir as tradições e os antigos costumes populares artesanais. 

Por exemplo, na província de Udine, um dos carnavais mais antigos do arco alpino é o de Sauris, famoso pela "Noite das Lanternas", quando máscaras de madeira, divididas em boas e más, desfilam pelas ruas do povoado e do vale.

O histórico Carnaval de Ivrea se caracteriza pela "Batalha das Laranjas" e representa alegoricamente a revolta do povo para se libertar de um tirano. Muito alegre e brincalhão é o Carnaval de Cento, conhecido por ter sido o primeiro na Europa a ter feito 'uma parceria' com o mais famoso de todos os Carnavais, o do Rio de Janeiro. Na pequena cidade ferrarese desfilam belíssimos carros alegóricos em um cenário muito animado.

Entre os Carnavais mais antigos da Itália cita-se também o de Fano, famoso pelo lançamento de balas e chocolates. Outro clássico é o Carnaval de Putignano, o mais longo do país, cuja proposta é a divertida e simbólica inversão dos papeis sociais.

Já na Sicília o Carnaval mais bonito é o de Acireale, considerado um dos mais antigos da ilha. Na Sardegna, em Mamoiada, se realiza a festa dos Mamuthones, o carnaval mais característico da Itália, repleto de símbolos e dramaticidade. Ainda na Sardenha, em Oristano, a festa de Carnaval é espetacular e coreográfica: trata-se da Sartiglia, de origem medieval. 

O Carnaval de Veneza, junto com o de Viareggio, Putignano e Ivrea, estão entre os mais importantes do mundo, cuja fama ultrapassa as fronteiras nacionais e atrai a cada ano o interesse de milhares e milhares de turistas italianos e estrangeiros. (ANSA)

AddThis Social Bookmark Button